Histórico

2017

Internet das coisas (IoT) e o projeto Smart-UFBA

O Professor Cassio Prazeres (UFBA) fala sobre a Internet das coisas (IoT) e o projeto Smart-UFBA desenvolvido no WISER/CNPq – laboratório de pesquisa que coordena na instituição. Prazeres defende que a grande variedade de coisas e dispositivos do dia-a-dia que podem ser disponibilizados na IoT demanda por infraestruturas capazes de gerenciar a publicação, descoberta, composição, utilização e o compartilhamento desses dispositivos na rede. Como resposta a essas questões, o projeto Smart-UFBA apresenta uma proposta de infraestrutura para disponibilização de dispositivos físicos na Internet, com foco em automatizar a criação de aplicações para um Campus Universitário Inteligente. O evento ocorreu no dia 05 de abril, 14:30h na sala 05 do POSCOM – Faculdade de Comunicação da UFBA. Clique aqui para assistir.

Cássio Prazeres é Doutor em Ciências – Área de Ciências de Computação e Matemática Computacional – pela Universidade de São Paulo (2009), possui estágio pós-doutoral no DERI (Digital Enterprise Research Institute) na National University of Ireland (Galway) e é professor Adjunto IV na Universidade Federal da Bahia (UFBA) nas áreas Internet/Web/Multimídia. Na pós-graduação, atua como orientador permanente no Programa de Pós-graduação em Ciência da Computação (PGCOMP-UFBA) e coordenador do Laboratório e Grupo de Pesquisa CNPq WISER (Web, Internet and Intelligent Systems Research Group).

2016

Sociologia Digital: os desafios para a pesquisa no século XXI

A edição do projeto interseções/lab404 2016 tem como tema a sociologia digital e os desafios para a pesquisa no século XXI. Trazemos como convidado o Professor Doutor Leonardo Nascimento (UNILAB) que irá problematizar alguns dos aspectos daquilo que vem sendo denominado de “crise dos métodos” nas ciências sociais. Leonardo defende a necessidade de um upgrade metodológico através do uso de ferramentas digitais de extração e análise de dados coletados com as formas tradicionais de pesquisa e, a partir da descrição de algumas destas ferramentas, apresentará alguns dos desafios metodológicos e epistemológicos promovidos pela “virada computacional” na pesquisa da sociedade. O evento ocorreu no dia 26 de Outubro, das 9 às 11h na sala 05 do POSCOM – Faculdade de comunicação da UFBA.

Leonardo Nascimento é Doutor em sociologia pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos – IESP/UERJ com estágio doutoral na École des Hautes Études en Sciences Sociales (EHESS), Paris. É professor Adjunto da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira – UNILAB, coordenador do Onirê – Laboratório de Humanidades Digitais e Professor colaborador no Programa de Pós-graduação em Ciências Sociais da UFBA (PPGCS/UFBA). Suas principais áreas de interesse de pesquisa são ciência social computacional, sociologia digital, métodos digitais e análise de Big Data.

 

2012

Resultado de imagem para Vida Secreta dos Objetos

Simpósio Internacional A Vida Secreta dos Objetos traz a Salvador (BA), no dia 6 de agosto, a terceira etapa do seu ciclo de debates, com pesquisadores de renome mundial. O simpósio é uma parceria entre diversos programas de pós-graduação (UERJ, UFF, UFRJ, PUCRJ, UFBA, ESPM-SP, PUC-SP, UFC), grupos de pesquisa (GPC e Vilém Flusser Archiv) e duas instituições internacionais (Universität Wien e Universität der Künste Berlin) discutindo perspectivas metodológicas da pesquisa mundial. Conferencistas: Bruno Latour, Sciences Po Paris; Graham Harman, Universidade Americana do Cairo; Richard Grusin, Universidade de Wisconsin-Milwaukee; Siegfried Zielinski, Universität der Künste Berlin e European Graduate School; André Lemos, UFBA; Erick Felinto, UERJ; Adalberto Müller, UFF
Vinicius Andrade Pereira, UERJ e ESPM.

Salvador, 06 de Agosto de 2012,
Local – Institut Goethe, ICBA.

2010

LUGARES DA SOCIABILIDADE

lugares-da-sociabilidade-400x282

Lugares da Sociabilidade. I Seminário do Lab404, então Grupos de Pesquisa em Cibercidades (GPC), e do Grupo de Pesquisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade (GITS)
Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Cultura Contemporâneas – UFBA

Palestra de abertura (Keynote Speaker). Prof. Dr. Vinicius Neto (UFF) – “Prática, Comunicação e Espaço. Uma reflexão sobre a materialidade das estruturas sociais”.

Coordenação – André Lemos (GPC) e José Carlos Ribeiro (GITS).

Objetivo: promover um espaço de discussão sobre os diversos temas relacionados às pesquisas efetuadas pelos discentes da linha cibercultura do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Culturas Contemporâneas da UFBA, vinculados ao Grupo de Pesquisa em Cibercidades – GPC e ao Grupo de Pesquisa em Interações, Tecnologias Digitais e Sociedade – GITS. Os temas a serem abordados agrupam-se em mesas temáticas sobre: Cartografia colaborativa; Game Studies; Dispositivos Móveis e Redes Sociais; Jornalismo Móvel e Mídia Locativa; Interação e Redes Sociais; e Dispositivos Móveis e Jornalismo Digital.

Onde: Auditório da FACOM/UFBA, Campus de Ondina.

Quando: 13 a 15 de outubro de 2010 (quarta a sexta), das 18.00h às 22h

___________________________________________________________________________________

2009

CURSO DE EXTENSÃO 

MÍDIAS LOCATIVAS – COMUNICAÇÃO E MOBILIDADE

COORDENADOR
PROF. DR. ANDRÉ LEMOS,

PROFESSORES DO CURSO
EQUIPE DO GPC

André Lemos, PhD, Professor do PPGCCC/FACOM/UFBA
José Carlos Ribeiro, PhD, Professor do PPGCCC/FACOM/UFBA
Macello Medeiros, MsC, Doutorando do PPGCCC/FACOM/UFBA
Fermando Firmino da Silva, MsC, Doutorando do PPGCCC/FACOM/UFBA
Luiz Adolfo Andrade, MsC, Doutorando do PPGCCC/FACOM/UFBA

EMENTA

O atual estágio do desenvolvimento das tecnologias digitais móveis configura-se como uma nova fase da cibercultura, a da “internet das coisas”. Podemos utilizar aqui a metáfora do download do ciberespaço ou como diz Russel (1999), da internet “pingando” nas coisas, para mostrar que a antiga discussão sobre a constituição de um mundo a parte com o surgimento do ciberespaço parece estar em questão com a virada espacial que os estudos das mídias locativas trazem para o debate sobre a comunicação contemporânea. Vamos examinar o uso de tecnologias e serviços baseados em localização no contexto mundial e brasileiro, apontando para a discussão de questões como espaço, lugar, comunicação e mobilidade.  Mídias locativas como dispositivos, sensores e redes digitais sem fio e seus respectivos bancos de dados “atentos” a lugares e contextos, os chamados LBS e LBT.  A característica fundamental das mídias locativas é que elas aliam, paradoxalmente, localização e mobilidade. Vamos abordar nesse curso aspectos da relação dessas novas mídias: a arte, os games, as redes de sociabilidade, marketing e o jornalismo. O curso é proposto pelo Grupo de Pesquisa em Cibercultura, credenciado pelo CNPq e pioneiro dessa discussão no Brasil.

CARGA HORÁRIA
15H

ONDE

Auditório da Faculdade de Comunicação da UFBa.

QUANDO
11, 12, 13, 18 e 19 DE MAIO

HORÁRIO
19 às 22H

Leave a Reply