A Comunicação das Coisas

A COMUNICAÇÃO DAS COISAS. Internet das Coisas, Big Data e Smart Cities – PQ/CNPQ – 2014-2019

Status – Em finalização (fevereiro 2019)

Participantes – André Lemos (coordenador) e equipe do Lab404

Resumo: O objetivo da pesquisa é discutir a Teoria Ator-Rede (TAR) e a Filosofia ou Ontologia Orientada a Objetos (OOO) no campo das mídias digitais em particular, e das teorias da comunicação em geral, na proposição de uma Comunicação das Coisas. O objetivo é investigar essas capacidades comunicacionais pela TAR e OOO a partir de projetos de IoT, Big Data e Smart Cities. O que é comum a todos esses projetos é o papel autônomo dos objetos a partir das novas funções infocomunicacionais adquiridas. Nunca objetos e dados tiveram tamanha independência, performatividade, comunicabilidade e agência, como na sociedade contemporânea. Sensores, algoritmos, bases de dados, redes telemáticas criam um ambiente infocomunicacional no qual os objetos sentem o seu contexto, sabem do seu status, processam informações, tomam decisões e as distribuem mediando outros objetos. Seja na cidade, na mineração dos dados nas redes sociais ou no processamento industrial de produtos e serviços o que estamos assistindo é a expansão vertiginosa do que se chama de IoT e Big Data.

Produtos Gerados:

LEMOS, A. Isso (não é) muito Black Mirror”. Passado, Presente e Futuro das Tecnologias de Comunicação e Informação. Salvador: EDUFBA, 2018.

LEMOS, André. PASTOR, Leonardo. Espacialização e sociabilidade digital no uso do Instagram em praças e parques na cidade de Salvador. COMUNICAÇÃO, MÍDIA CONSUMO, SÃO PAULO, V. 15, N. 42, P. 10-33, JAN./ABR. 2018. DOI 10.18568/CMC.V15I42.1611

LEMOS, A; BITENCOURT, E. “Move and be healthy!”. Performative Sensibility and Body Experiences Mediated by Wearable Devices in Brazil”. In Neto, André Pereira; Flynn, M. (ed). Aprovado para publicação em Internet and Health in Brasil: challenges and trends. Springer, 2018.

LEMOS, André. VERAS, Nayra. Cidadão Sensor e Cidade Inteligente: Análise dos Aplicativos Móveis da Bahia. Aprovado para publicação na Revista Famecos, 2018.

LEMOS, André, BITENCOURT, E. PERFORMATIVE SENSIBILITY AND THE COMMUNICATION OF THINGS. Exploring algorithmic narratives in Fitbit Charge HR2. (em análise, 2018)

LEMOS, André. JESUS, Raniê Solarevisky de. Salvador inteligente? Comunicação, invisibilidade e operação manual em experiências de IoT na capital baiana. Revista Ecopós, Vol. 20, n. 03, Novembro/ dezembro de 2017, p. 66-92. ISSN: 2175-8689

LEMOS, André. Cidade Algoritmo. Cidade Inteligente. In  Serafim, J.F.; Lima, S., Perspectivas sobre o espaço urbano: o imaginário, o concreto e seus saberes. Salvador: EDUFBA,  ISBN 9788523216238, pp. 5-25, 2017.

LEMOS, André. Visibilidade e contrato social em cidades inteligentes: Análise de Glasgow, Curitiba e Bristol. In MEHL, João Paulo; SILVA, Sivaldo Pereira da. Cultura Digital, internet e apropriações políticas: experiências, desafios e horizontes. Rio de Janeiro: Folio Digital, Letra & Imagem, 2017.

LEMOS, André. BITENCOURT. E. I feel my wrist buzz. Smartbody and performative sensibility in Fitbit devices. In Galáxia (São Paulo, online), ISSN 1982-2553, n. 36, set-dez., 2017, p. 5-17. http://dx.doi.org/10.1590/1982-2554232919

LEMOS, André . Cidades smart, cidades vigiadas. In PAULA, Marilene de; BARTELT, Dawid (org). Mobilidade urbana no Brasil: desafios e alternativas. ISBN 9788562669200, pp. 117-125., RJ:Fundação Heinrich Böll

LEMOS, André. Sensibilités Performatives. Les nouvelles sensibilités des objets dans les métropoles contemporaines. In Revue Sociétés.  “Formes urbaines”, N°132/2016/2,  pp. 71-84., De Boeck, Bruxelles.

LEMOS. A (org). Teoria Ator-Rede e Estudos de Comunicação. Salvador: EDUFBA, 2016. ISBN – 978-85-232-1524-8. 2016.

LEMOS, André. HOLANDA, A., Future City Glasgow: Action programs, tensions and contra- dictions in a Smart City project. In Revista Comunicação e Inovação, v. 17, n. 34 (1-20), maio-agosto, 2016.

LEMOS, André; MONT’ALVERNE, A. Smart Cities in Brazil. Experiences under way in Búzios, Porto Alegre and Rio de Janeiro. Revista Comunicação Midiática (Online), v. 10, p. 21-39, 2015.

LEMOS, André, FIRMINO, R. I Connect, Therefore I am! Places, Locales, Locations and Informational Territorialization. Estudos do Século XX, n. 15., pp. 17-34, Lisboa, 2015.

LEMOS, André. Contingências do espaço e tempo na teoria ator-rede. In Kirchof, E.R., Wortmann, M.L., Costa, M. V. Estudos Culturais e Educação. Contingências, articulações, aventuras, dispersões., Canoas: Editora Ulbra, 2015, pp. 21-33., ISBN – 978-85-7528-530-5

LEMOS, André, PASTOR, L. Internet das coisas, automatismo e fotografia:
uma análise pela Teoria Ator-Rede.
, in Revista Famecos, Porto Alegre, v. 21, n. 3, p. 1016-1040, setembro-dezembro 2014. pp. 1016 – 1040.

LEMOS, André. Mídia, Tecnologia e Educação: Atores, Redes, Objetos e Espaço. In Linhares, R.N., Porto, C., Freire, V. Mídia e educação: espaços e (co) relações de conhecimentos. Aracaju: EdUNIT, 2014, pp. 11-28, ISBN – 978-85-68102-03-9.

LEMOS, André. A comunicação das coisas. Teoria ator-rede e cibercultura. SP, Annablume, 2013. ISBN. 978-85-391-0596-0. Finalista do Prêmio Jabuti 2014.

LEMOS, A. Cidades Inteligentes., in GV Executivo., volume 12, número 2., julho/dezembro 2013. São Paulo: FGV-EAESP., pp. 46-49., ISSN – 1806-8979

LEMOS, A. Espaço, mídia locativa e teoria Ator-Rede., in Galáxia. Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica. PUC-SP, v. 13, n. 25 (jun. 2013), ISSN 1982-2553, pp. 52-65.

HOLANDA, A; LEMOS, A., Do Paradigma ao Cosmograma: Sete Contribuições da Teoria Ator-Rede para a Pesquisa em Comunicação., texto apresentado no GT Epistemologias da Comunicação., in Anais da COMPÓS, Salvador, 2013

LEMOS, André (2013). A comunicação das coisas. Internet das Coisas e Teoria Ator-Rede. Etiquetas de radiofrequência em uniformes escolares na Bahia., in Pessoa, Fernando (org.). Cyber Arte Cultura. A trama das Redes. Seminários Internacionais Museu Vale, ES Museu Vale, Rio de Janeiro, 2013. 245p. ISBN 978-85-99367-07-0, pp. 18-47.