2016-2018

2018

LEMOS, A. Cyberculture and Globalization. In Oxford Research Encyclopedia of Communication. Oxford University Press. http://dx.doi.org/10.1093/acrefore/9780190228613.013.646

LEMOS, André. PASTOR, Leonardo. A fotografia como prática conversacional de dados. Espacialização e sociabilidade digital no uso do Instagram em praias e parques na cidade de Salvador. In Comunicação, Mídia e Consumo. São Paulo, v. 15, n. 42, P. 10-33, Jan/Abr 2018.?DOI 10.18568/CMC.V15I42.1611. English Version.

BITENCOURT, Elias. Quem ganha quando eu durmo bem?: a retórica procedimental como modo de midiatização dos cuidados de si na Fitbit. Charge 2. Revista Observatório, 4(4), 113-148, 2018.

LEMOS, André; BITENCOURT, Elias. Sensibilidade performativa e comunicação das coisas. MATRIZes 12, no. 3 (2018): 165-188.

LEMOS, André; VERAS, Nayra. Cidadão Sensor e Cidade Inteligente: Análise dos Aplicativos Móveis da Bahia. Revista Famecos, v. 25, n. 3, 2018, pp. 1-19

LEMOS, A., PASTOR, L. Performatividade algorítmica e experiências fotográficas: uma perspectiva não-antropocêntrica sobre as práticas comunicacionais nos ambientes digitais. In Lumina, PPGCOM, UFJF, v. 12, n. 3, p. 147-166, set./dez. 2018.

2017

LEMOS, André; BITENCOURT, Elias. I feel my wrist buzz. Smartbody and performative sensibility in Fitbit devices. Galáxia. Revista do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Semiótica, v. 1, n. 36, 2017. ISSN 1982-2553

LEMOS, André; JESUS, Raniê Solarevsky. Salvador inteligente? Comunicação, invisibilidade e operação manual em experiências de IoT na capital baiana. Revista Ecopós, Vol. 20, n. 03, Novembro/ dezembro de 2017, p. 66-92.

PASTOR, Leonardo. Prática do selfie: experiência e intimidade no cotidiano fotográfico. Contracampo v. 36, n. 2, 2017.

2016

LEMOS, André. Cidades smart, cidades vigiadas. In PAULA, Marilene de; BARTELT, Dawid (org). Mobilidade urbana no Brasil: desafios e alternativas. ISBN 9788562669200, pp. 117-125., RJ:Fundação Heinrich Böll

LEMOS, André. Da Engenharia à Comunicação. Traduções e Mediações para compreender a Técnica e a Comunicação na Cultura Contemporânea. In LOPES, M. I. (org). Epistemologias da Comunicação no Brasil: Trajetórias Autoreflexivas. SP: USP, pp. 1-20.

LEMOS, André. Ciberespaço (verbete). In BRAIDA, F; LIMA, F; FONSECA, J; MORAIS, V. (orgs). 101 Conceitos de Arquitetura e Urbanismo na Era Digital. ISBN 9788561453534, pp. 106-109. SP: ProBooks.

Lemos, A. Sensibilités Performatives. Les nouvelles sensibilités des objets dans les métropoles contemporaines. In Revue Sociétés. Formes urbaines, N132/2016/2, pp. 71-84., De Boeck, Bruxelles.

HOLANDA, André; LEMOS, André. Future City Glasgow: Action programs, tensions and contra- dictions in a Smart City project. In Revista Comunicação e Inovação, v. 17, n. 34 (1-20), maio-agosto, 2016.

Lemos. A. Contra a Crítica Abstrata. Tréplica a Francisco Rüdiger., In Revista Matrizes, USP, S.1, Vol 10., ISSN 1982-8160, pp. 65-88.

MEDEIROS, Macello. Percurso do som: uma metodologia para compreender o fluxo sonoro dentro da cadeia produtiva musical. In VLADI, Nadja (org.). Olhares Interdisciplinares: Fundamentos em Cultura, Linguagens e tecnologias Aplicadas. Volume I. Cruz das Almas: Editora UFRB, 2016. ISBN: 978-85-5971-000-7

ANDRADE, Luiz Adolfo; MEDEIROS, Macello. Jogos locativos, espaço urbano e música: rumo a um ambiente (lúdico) sensorial ressonante. In SÁ, Simone. Música, Som e Cultura Digital. Rio de Janeiro: Editora UFF (no prelo).

MEDEIROS, Macello. GPS Coquetel Musical: Jogo e Música no Espaço Urbano. In ALVES, Lynn; CARDOSO, Hugo; SOUZA, Cláudio. Interfaces entre Games,Pesquisa & Mercado.Salvador: Editora IFBA (no prelo). ISBN: 978-85-67562-11-7

MEDEIROS, Macello. Prática de Comunicação Locativa em Zonas Bluetooth. Trama: Indústria Criativa em Revista. Rio de Janeiro, Vol. 1, No 2. pp. 34-53. Jul/2016. ISSN: 2447-7516.

BITENCOURT, Elias. A retórica da procedimentalidade como modo de midiatização dos cuidados de si na Fitbit Charge HR. COMPÓS 2016.