Em Andamento

TESES

Enviesamentos de gênero em contexto de plataformização, dataficação e performatividade algorítmica – CAPES DS
Amanda Nogueira (pesquisadora responsável); André Lemos (orientador)

Resumo: Em meio a pesquisas que relacionam questão de gênero e tecnologia, diferentes discussões são colocadas em evidência. Além do debate acerca da inserção profissional de mulheres nesta área, uma discussão que tem ganhado força é sobre a performatividade dos objetos, como são constituídos, o que eles fazem fazer, suas usabilidades e, também, como re-orientam esses usos a partir da questão de gênero. A partir desta perspectiva, é objetivo desta pesquisa investigar e compreender as formas como, em contexto de plataformização, dataficação e performatividade algorítmica (PDPA), diferentes plataformas infocomunicacionais produzem enviesamentos de gênero, identificando controvérsias geradas a partir da investigação de documentos, interfaces, agências e algoritmos, tendo a Teoria Ator-Rede como referência teórico-metodológica.

“Made for any room”: Sobre as práticas cotidianas de privacidade de mediação de informações pessoais através de smart speakers
Daniel Marques (pesquisador responsável); André Lemos (orientador)

Resumo: Partindo de um entendimento de privacidade enquanto práticas contingentes a contextos sociais, técnicos, econômicos e políticos específicos, faz-se necessário lançar um olhar crítico sobre a adoção de smart speakers e sua inserção no cotidiano dos lares contemporâneos. Para além de problematizar aspectos relacionados à segurança da informação, hacking e invasões, nosso interesse de pesquisa parte para as práticas cotidianas referentes à circulação de informações pessoais e mediação do cotidiano através dos smart speakers. É com esse interesse em mente que lançamos a seguinte questão de pesquisa: Como se caracterizam as novas e/ou reformuladas práticas de privacidade produzidas pela inserção de smart speakers no processo de mediação e circulação de informações pessoais no ambiente doméstico cotidiano?  Tomamos a Teoria Ator-Rede como inspiração teórico-metodológica, partindo da necessidade de observar a distribuição de agências que atuam na composição das práticas de privacidade.

Controle de autenticidade de conteúdos nas redes – CAPES – 001
Frederico Ramos Oliveira (pesquisador responsável); André Lemos (orientador)

Resumo: O compartilhamento intencional de conteúdos apócrifos nas redes sociais de internet tem sido discutido amplamente, tanto por governos, como pela academia e outros representantes da sociedade civil. A pesquisa busca compreender a atuação associada de humanos e não humanos no controle de autenticidade de conteúdos postados no Facebook. Neste sentido, discute as relações entre essa rede social digital, agências de checagem de dados, interfaces e usuários. Objetiva, ainda, descrever procedimentos que são desenvolvidos pelos gestores das redes sociais para identificação de conteúdos que podem ser apócrifos, verificação de sua autenticidade; compreender como as agências brasileiras de checagem de dados se organizam editorialmente para atuar no controle da autenticidade de conteúdos; e compreender a relação das interfaces e usuários com a circulação de conteúdos apócrifos.

Imagens de si: Experiência, intimidade, relato de si e materialidades digitais na prática de selfie
Leonardo Pastor (pesquisador responsável); André Lemos (orientador)

Resumo: Este projeto de doutorado propõe uma investigação das práticas atuais e cotidianas de selfie que, em meio às mediações dos dispositivos digitais, inserem-se em uma cultura contemporânea de interação, compartilhamento e comunicação. Este trabalho tem o objetivo de investigar a experiência – conjugada de maneira híbrida entre humanos, imagens e algoritmos – relacionada à produção de fotografias digitais chamadas de selfie, identificando e tensionando seu envolvimento com materialidades digitais, formas de relato de si e produções de intimidade relacionais. Propomos uma conexão entre teoria e prática através da etnografia – uma proposta etnográfica que está sendo produzida tendo uma praça na cidade de Salvador como ponto de partida. O percurso para seguir a experiência, portanto, desenvolve- se a partir das pequenas relações engendradas na vida cotidiana. Busca-se, dessa forma, investigar este fenômeno considerando sua formação através de um emaranhado de audiências algorítmicas, corpos, afetos, metadados, narrativas, expressões textuais e intimidades.

 

DISSERTAÇÕES

World of Warcraft: Sociabilidade ingame e o papel de sua estrutura técnica
Diego Lourenço Sá Pinto 
(pesquisador responsável); Elias Bitencourt (orientador)

Resumo: World of Warcraft (WoW) é o game do gênero MMORPG – Jogo multijogador massivo de interpretação de personagens – mais bem sucedido da história. Com uma base de fãs que ultrapassa os seis milhões de jogadores espalhados pelo mundo, esse game se tornou um campo de estudo, sobretudo, para pesquisadores interessados em entender o funcionamento das comunidades online. É possível compreender esse ambiente de muiltiusuários como território de fomento à construção de sociabilidades. Um espaço que se assenta sobre as Tecnologias de Informação e Comunicação, estando, pois, inserido no contexto da Cibercultura. As potencialidades de um ambiente e contexto de relacionamento moldados a partir dessas tecnologias denotam uma complexidade, pois se estabelecem processos comunicacionais que permeiam a lógica orientadora do game. No entanto, observa-se que a estrutura técnica “Localizador de Grupos” pode estar descaracterizando esse ambiente. Esta pesquisa buscará entender como/se essa estrutura pode estar contribuindo para a dessocialização em um ambiente marcadamente conhecido pelo seu caráter social.

O uso político de fake news sobre a problemática ambiental no governo Bolsonaro
Guilherme Reis 
(pesquisador responsável); André Lemos (orientador)

Resumo: Este projeto tem o objetivo de apresentar uma proposta de pesquisa, a ser desenvolvida ao longo de um curso de mestrado, sobre como o governo de Jair Bolsonaro se beneficia, é conivente ou até mesmo estimula a produção de fake news, disseminadas principalmente em grupos de WhatsApp favoráveis, sobre a problemática ambiental para manter seu eleitorado e seus apoiadores mobilizados e coesos. É citado aqui o exemplo das queimadas na Amazônia. Uma vez definido o conceito de fake news, descreverá onde elas partem, quem as faz e o que fazem fazer, e como o WhatsApp, com sua programação e recursos, favorece a ocorrência do fenômeno. À luz das referências, incluindo bibliografia sobre Teoria Ator-Rede (TAR), materialidade da comunicação e algoritmos, também descreverá as mediações nos agenciamentos materiais, sem os quais não se entende de forma ampla o fenômeno. Por meio de entrevistas, mostrará como reagiram e passaram a se comportar membros dos grupos de WhatsApp depois que receberam as fake news, e se compartilharam o conteúdo no aplicativo ou em outras mídias. Já em outra aferição, eles serão questionados se se lembram de terem recebido fake news sobre o tema ambiental, como descobriram que se tratava de um conteúdo falso e suas impressões e ações quando fizeram essa descoberta.

Influenciadores digitais não humanos: As novas técnicas de marketing e as fronteiras entre a realidade e a ficção
Grégori da Costa Castelhano (pesquisador responsável); Elias Bitencourt (orientador)

Resumo: A partir das dinâmicas sociais advindas do crescente processo de digitalização da sociedade capitalista, há o surgimento de novas interações entre os indivíduos e as instituições. Inovadores canais de comunicação e produção midiática, a partir de novas práticas culturais são criados, bem como novos artifícios publicitários são pensados para atender outras demandas de consumo, mediando as relações entre as empresas e os consumidores. Neste contexto, a pesquisa tem como objetivo, a análise da construção e a apresentação de uma nova ferramenta de promoção do consumo para identificar como é a sua interação com o público consumidor a partir das mídias e plataformas digitais. Tendo como finalidade compreender de forma crítica este novo fenômeno social dentro do atual momento histórico no qual estamos imersos.

A tatuagem no Instagram: As mediações que se estabelecem entre tatuadores e o aplicativo e como a associação modifica as práticas de tatuagem
Helen Fernandes (pesquisadora responsável); André Lemos (orientador)

Resumo: O Instagram serve como plataforma de portfólio visual online dentro de uma rede social gratuita e extremamente popular para tatuadores, onde eles compartilham não apenas seu estilo artístico visual, mas também de comunicação baseado em sua prática de dados. O objetivo desse projeto é investigar a relevância do Instagram para a profissão, a prática de dados dos tatuadores no aplicativo e como a utilização da ferramenta influencia e modifica a prática da tatuagem. Espera-se encontrar que tatuadores adotam um conjunto de práticas de dados comum à profissão, bem como diferenças – reflexo de suas personalidades individuais. Espera-se encontrar também que como reflexo da grande relevância do aplicativo para os tatuadores estes passaram a adotar e moldar condutas subordinadas ao uso do aplicativo. Se valendo da Teoria Ator-Rede, espera-se identificar as mediações que se estabelecem na associação entre tatuadores e o Instagram e comprovar se o Instagram modifica o exercício da profissão.

Data Comics: Uso da narrativa em imagem sequencial para visualização de dados
Natália Huf (pesquisadora responsável); André Lemos (orientador)

Resumo: Data comics, livremente traduzidos como “quadrinhos de dados”, são o resultado do encontro entre o jornalismo e a linguagem das histórias em quadrinhos (HQs). A narrativa em imagem sequencial, empregada na visualização de informação, gera uma nova forma de se apresentar e compreender informações, por meio da familiar e dinâmica linguagem das HQs. Ao se criar uma narrativa, a construção de sentido é facilitada para o leitor, por meio de histórias orientadas por informações fornecidas por dados. Desta forma, a pesquisa pretende ampliar os estudos desenvolvidos sobre o emergente gênero das data comics. Utilizando a linguagem narrativa e a arte sequencial empregada nos quadrinhos, a visualização de dados se dá por meio de uma sequência narrativa, tornando a compreensão da informação mais fácil e dinâmica para o visualizador do conteúdo.

A ressignificação dos espaços com Smart Cities em Salvador: Um estudo das iniciativas públicas – Núcleo de Operação Assistida (NOA), Cittamobi e Salvador Bairro a Bairro
Thalis Macedo (pesquisador responsável); André Lemos (orientador)

Resumo: A fim de modernizar a gestão e os serviços públicos, o Salvador 360, apropria-se da tecnologia da informação e comunicação, no desenvolvimento de ações que visam transformar Salvador numa smart city . Os objetos desta pesquisa focalizam no Núcleo de Operação Assistida (NOA), Salvador Bairro a Bairro e CittaMobi sob a concepção de cidade inteligente. As premissas consistem em definir o projeto da capital baiana incluindo os serviços e espaços de coparticipação via aplicativos que possibilitam as tomadas de decisões das políticas públicas baseadas em dados; e o uso de dados como forma de orientar a cidade através dos aplicativos criados e escolhidos para serem pesquisados. Para construção da metodológica, apresenta-se cinco questões estruturantes dos aplicativos apresentados. Considerando o estado da arte da literatura que aborda temas construídos para as dimensões analíticas: a) mecanismos tecnológicos para cidade inteligente; b) envolvimento populacional de participação; c) modelo socioeconômico; d) noção de espaço vinculada à mobilidade; e e) os investimentos para implementação e desenvolvimento da smart city. A pesquisa justifica-se pela importância do estudo e discussão sobre as cidades inteligentes e as formas de ampliar o acesso à informação, a rapidez do deslocamento físico, cognitivos e econômicos de um lugar para outro.